What
  • All Listings
  • Art
  • Birthplace
  • Bookstores
  • Cohousing
  • Collectives and Cooperatives
  • Communities
  • Community Centers
  • Eats
  • Ecovillages
  • Egalitarian Communities
  • Entertainment
  • Events
  • Historical Sites
  • Infrastructure
  • Intentional Communities
  • lawyer
  • Memorial
  • Monuments
  • Murals
  • People
  • Points of Interests
  • Publishers
  • Societies
  • Vegan
  • Venues
  • Workers Associations
Where

Centro de Cultura Libertária

 

Be the first to review

O Centro de Cultura Libertária é uma associação de anarquistas existente desde 1974 em Cacilhas, Almada. Tendo inicialmente congregado um núcleo de anarquistas que sobreviveram e resistiram ao fascismo, em torno da animação da delegação de Almada do Movimento Libertário Português e da edição do jornal “Voz Anarquista”, cedo se tornou num espaço de encontro, debate e acção para anarquistas de várias gerações e tendências, vendo florescer ao longo de mais de 40 anos projectos de novas edições (como a revista “Antítese”, o “Boletim de Informações Anarquistas” ou a revista “Húmus”), grupos anarquistas e colectivos anti-autoritários com incidência na okupação, no feminismo, na ecologia, na libertação animal, na luta anti-carcerária e no apoio a presxs, na insubmissão ao militarismo, no anarco-sindicalismo ou no apoio-mútuo e na crítica anti-autoritária nas suas diversas manifestações.

Além de um local de encontro, convívio e debate aberto a quem não só rejeite a actual ordem social, mas também se reveja numa maneira anti-autoritária de a confrontar, o C.C.L. é também um espaço de divulgação de ideias anarquistas, práticas e teóricas, para quem tenha interesse em conhecê-las e discuti-las.

Dispomos de uma biblioteca onde podes consultar e requisitar material com especial incidência em temas sociais e em ideias anarquistas, e de uma livraria onde podes adquirir livros, revistas e outras publicações. Vimos angariando um arquivo de expressões da cultura e acção libertárias que procuramos preservar e divulgar da melhor forma possível e de acordo com as possibilidades de uma organização voluntária e autogerida. Estamos abertos a propostas de indivíduos, grupos ou colectivos que queiram desenvolver os seus projectos e partilhem dos princípios desta associação.

Abrimos ao público de forma por vezes irregular, por vezes regular, consoante as atividades marcadas ou as disponibilidades dos nossos sócixs.

EN

The Centro de Cultura Libertária is an anarchist association existing since 1974 in Cacilhas, Almada. Having initially congregated a nucleus of anarchists who survived and resisted fascism, around the animation of the Almada delegation of the Portuguese Libertarian Movement and the edition of the newspaper “Voz Anarquista”, it soon became a space of meeting, debate and action for anarchists of various generations and tendencies, seeing flourish throughout more than 40 years projects of new editions (like the magazine “Antítese”, the “Bulletin of Anarchist Information” or the magazine “Humus”), anarchist groups and anti-authoritarian collectives with a focus on okupation, feminism, ecology, animal liberation, the anti-carceration struggle and support for prisoners, insubordination to militarism, anarcho-syndicalism or mutual support and anti-authoritarian critique in its various manifestations.

Besides being a place of meeting, conviviality and debate open to those who not only reject the present social order, but who also see themselves in an anti-authoritarian way of confronting it, the C.C.L. is also a space for the spreading of anarchist ideas, practical and theoretical, for those who are interested in knowing and discussing them.

We have a library where you can consult and borrow material with special incidence on social themes and anarchist ideas, and a bookshop where you can buy books, magazines and other publications. We have been gathering an archive of expressions of libertarian culture and action that we try to preserve and divulge in the best possible way and according to the possibilities of a voluntary and self-managed organisation. We are open to proposals from individuals, groups or collectives who want to develop their projects and share the principles of this association.

We open to the public sometimes irregularly, sometimes regularly, depending on the activities scheduled or the availabilities of our members.O Centro de Cultura Libertária é uma associação de anarquistas existente desde 1974 em Cacilhas, Almada. Tendo inicialmente congregado um núcleo de anarquistas que sobreviveram e resistiram ao fascismo, em torno da animação da delegação de Almada do Movimento Libertário Português e da edição do jornal “Voz Anarquista”, cedo se tornou num espaço de encontro, debate e acção para anarquistas de várias gerações e tendências, vendo florescer ao longo de mais de 40 anos projectos de novas edições (como a revista “Antítese”, o “Boletim de Informações Anarquistas” ou a revista “Húmus”), grupos anarquistas e colectivos anti-autoritários com incidência na okupação, no feminismo, na ecologia, na libertação animal, na luta anti-carcerária e no apoio a presxs, na insubmissão ao militarismo, no anarco-sindicalismo ou no apoio-mútuo e na crítica anti-autoritária nas suas diversas manifestações.

Além de um local de encontro, convívio e debate aberto a quem não só rejeite a actual ordem social, mas também se reveja numa maneira anti-autoritária de a confrontar, o C.C.L. é também um espaço de divulgação de ideias anarquistas, práticas e teóricas, para quem tenha interesse em conhecê-las e discuti-las.

Dispomos de uma biblioteca onde podes consultar e requisitar material com especial incidência em temas sociais e em ideias anarquistas, e de uma livraria onde podes adquirir livros, revistas e outras publicações. Vimos angariando um arquivo de expressões da cultura e acção libertárias que procuramos preservar e divulgar da melhor forma possível e de acordo com as possibilidades de uma organização voluntária e autogerida. Estamos abertos a propostas de indivíduos, grupos ou colectivos que queiram desenvolver os seus projectos e partilhem dos princípios desta associação.

Abrimos ao público de forma por vezes irregular, por vezes regular, consoante as atividades marcadas ou as disponibilidades dos nossos sócixs.

EN

The Centro de Cultura Libertária is an anarchist association existing since 1974 in Cacilhas, Almada. Having initially congregated a nucleus of anarchists who survived and resisted fascism, around the animation of the Almada delegation of the Portuguese Libertarian Movement and the edition of the newspaper “Voz Anarquista”, it soon became a space of meeting, debate and action for anarchists of various generations and tendencies, seeing flourish throughout more than 40 years projects of new editions (like the magazine “Antítese”, the “Bulletin of Anarchist Information” or the magazine “Humus”), anarchist groups and anti-authoritarian collectives with a focus on okupation, feminism, ecology, animal liberation, the anti-carceration struggle and support for prisoners, insubordination to militarism, anarcho-syndicalism or mutual support and anti-authoritarian critique in its various manifestations.

Besides being a place of meeting, conviviality and debate open to those who not only reject the present social order, but who also see themselves in an anti-authoritarian way of confronting it, the C.C.L. is also a space for the spreading of anarchist ideas, practical and theoretical, for those who are interested in knowing and discussing them.

We have a library where you can consult and borrow material with special incidence on social themes and anarchist ideas, and a bookshop where you can buy books, magazines and other publications. We have been gathering an archive of expressions of libertarian culture and action that we try to preserve and divulge in the best possible way and according to the possibilities of a voluntary and self-managed organisation. We are open to proposals from individuals, groups or collectives who want to develop their projects and share the principles of this association.

We open to the public sometimes irregularly, sometimes regularly, depending on the activities scheduled or the availabilities of our members.